O extrato de chá verde é constituído de metilxantinas (2 a 4%), de polifenóis (cerca de 30%), proteínas (15%), taninos hidrolisáveis (cerca de 5%), vitaminas (B1, B2 e C), sais minerais (4 a 9%), óleo essencial, entre outros compostos.

O extrato das folhas da Camellia sinensis apresenta potente ação antioxidante devido a sua alta concentração de polifenóis, especialmente a epigalocatequina e galato de epigalocatequina (EGCG), que melhoram o metabolismo oxidativo, reduzindo o nível de degeneração celular provocado pelos radicais livres.

Estudos indicam que o chá verde pode atuar no emagrecimento, principalmente, através do aumento da produção de calor corporal (termogênese), e oxidação lipídica, promovendo maior gasto energético. Além da catequina, a presença da cafeína pode potencializar os efeitos do chá verde. A estimulação do metabolismo lipídico hepático pode ser outro fator responsável pelo efeito antiobesidade do chá verde.

O extrato de chá verde é uma alternativa para o tratamento da obesidade exercendo sua atividade através de inibição da lipase, com conseqüente diminuição da digestibilidade e absorção de gorduras. Além disso, estimula a produção de calor o que contribui para o aumenta do gasto energético promovendo, desta forma, a perda de peso.

Dose sugerida: 200mg a 300mg duas a três vezes ao dia.

Produtos Relacionados