Aminoácido semi-essencial que aumenta a síntese protéica e de creatina. A arginina está envolvida em numerosas áreas da fisiologia humana, incluindo a produção de óxido nítrico (molécula mensageira-chave envolvida na regulação vascular), síntese protéica, desintoxicação da amônia e sua conversão em glicose, bem como produção de energia.

Uma vez absorvida na corrente sanguínea, a arginina age como precursora de óxido nítrico (NO) que é um potente vasodilatador, relaxando as células endoteliais e permitindo assim maior influxo de sangue, oxigênio e aminoácidos às células musculares. O aumento nos níveis de óxido nítrico associado à suplementação de arginina aumenta o ganho de massa muscular, a resistência física e a queima de gordura. Além disso, a arginina atua como estimulante da liberação do hormônio de crescimento (HGH), e também por isso na queima de gorduras e no desenvolvimento da massa muscular. Para estimular a liberação do hormônio do crescimento deve ser tomada com o estômago vazio e ao deitar.

Dose sugerida: 400mg a 1500mg de arginina ao dia. Pode ser tomada antes ou após a atividade física ou ao deitar. Alguns autores sugerem doses muito maiores, de 3g até 10g diárias tomadas preferencialmente com estômago vazio e ao deitar, quando a intenção é o aumento da produção de hormônio de crescimento. Para aumentar a conversão de arginina em óxido nítrico pode-se associar 50mg a 100mg de picnogenol.

Produtos Relacionados