Glutamina

A glutamina é o aminoácido mais abundante no sangue, correspondendo a um terço do nitrogênio circulante sob a forma de aminoácidos. A glutamina é um aminoácido não essencial, cujo papel no metabolismo protêico e no transporte de nitrogênio entre diversos órgãos tem sido muito pesquisado, principalmente quanto à possibilidade de se tornar essencial em casos de…

Taurina

A taurina está envolvida nos mecanismos de excitação-contração de músculo esquelético, afetando a transmissão dos impulsos elétricos dirigidos para as fibras musculares. A taurina aumenta a contração muscular e por isso seu envolvimento na performance esportiva e função cardiovascular, atua como antioxidante, restitui os níveis de cálcio intramuscular além de promover a entrada de água…

Carnitina

A carnitina participa no transporte dos ácidos graxos de cadeia longa através da membrana interna mitocondrial. Sua presença é requerida no metabolismo energético, especialmente para a utilização dos lipídeos como fonte de energia do músculo esquelético e cardíaco. A carnitina promove a eliminação dos ácidos graxos em pacientes com alterações metabólicas dos ácidos graxos ou…

Picnogenol

O picnogenol é extraído da casca do pinheiro marítimo francês e possue diversos benefícios para a saúde. Como a casca desse pinheiro é rica em bioflavonóides, a sua principal característica é o seu alto potencial antioxidante (20x mais potente do que a vitamina C e 50x mais potente do que a vitamina E). O extrato…

Arginina

Aminoácido semi-essencial que aumenta a síntese protéica e de creatina. A arginina está envolvida em numerosas áreas da fisiologia humana, incluindo a produção de óxido nítrico (molécula mensageira-chave envolvida na regulação vascular), síntese protéica, desintoxicação da amônia e sua conversão em glicose, bem como produção de energia. Uma vez absorvida na corrente sanguínea, a arginina…