O Outono chegou e com ele veio o frio e o ar seco. Nessa época do ano, é preciso cuidar da imunidade com cuidados especiais que podem evitar algumas doenças, pois o clima propicia seu surgimento e disseminação. As infecciosas são as piores, podendo ser transmitidas principalmente por vírus e bactérias, micro-organismos que entram no nosso corpo através de gotículas dispersas no ar e também pelo contato com superfícies contaminadas. São doenças como resfriados, gripes, faringites, sinusites, pneumonias etc.

Os olhos sofrem com conjuntivites e processos alérgicos como a rinite. Há também uma alteração comportamental para piorar o cenário. Com as temperaturas mais baixas, as pessoas tendem a buscar lugares fechados, onde há aglomerações, o que predispõe a disseminação de patógenos pelo ar e por superfícies.

As pessoas com imunidade mais debilitada, como idosos, portadores de enfermidades crônicas e crianças são as mais atingidas. No entanto, também são muito vulneráveis pacientes que usam medicamentos que deprimem a imunidade, como quimioterápicos e corticóides. O mesmo acontece com os fumantes, que têm risco ampliado, já que ao fumar há a agressão das vias aéreas, que comprometem as estruturas de defesa.

Entre as enfermidades mais frequentes durante o Outono, pode-se destacar a gripe. Para tentar diminuir o número de infectados, recomenda-se que idosos, gestantes e portadores de doenças crônicas se vacinem.

Outra forma de prevenção é manter a imunidade em dia, o que passa pela nutrição saudável. A Fina Essência dispõe de vários suplementos que podem contribuir neste processo, converse com as nossas consultoras de vendas para saber mais.

Algumas doenças comuns na estação

Amigdalite: tonsilas palatinas infeccionadas

O frio contribui com a redução do sistema de defesa do organismo, deixando as tonsilas palatinas (mais conhecidas como amígdalas) abertas aos micro-organismos. Quando as bactérias encontram terreno para se desenvolver, surge a amigdalite.

Os sintomas mais comuns são febre alta, mal-estar e dor no corpo, além de dificuldade e dor ao engolir – sintoma mais característico da condição.

Faringite: sensação de coceira na garganta

Quando infeccionada, a faringe gera sintomas de dor na parede posterior da garganta – facilmente confundida com a amigdalite, diferenciada pela sensação de coceira na garganta. Os outros sintomas incluem ainda febre, dor no corpo e indisposição.

A faringe, conduto muscular que conecta a boca à laringe e esôfago, pode ser infeccionada a partir de vírus ou bactérias, embora a infecção viral seja a mais comum.

Laringite: inflamação das cordas vocais

A inflamação ou inchaço das cordas vocais dá origem à laringite. O sintoma mais conhecido dessa condição é a perda da voz ou a rouquidão. Essa inflamação é gerada por uma infecção que pode ser viral ou bacteriana – a diferença está na formação das placas, caso seja de origem bacteriana.

Sinusite: dor no rosto

Ao contrário das outras infecções, a sinusite afeta a região dos seios da face, na região próxima ao nariz. No início, é fácil confundir os sintomas com uma crise de rinite alérgica, pois ambas deixam o nariz trancado, com coriza, secreção e dor.

Recomendações para reduzir os riscos de contrair doenças do Outono

  • Hábitos eficazes de higiene, como lavar frequentemente as mãos, evitar levar as mãos “sujas” aos olhos, boca e nariz; lavar as mãos antes de manusear alimentos; usar lenços descartáveis para limpar e assuar o nariz; cobrir a boca ao tossir etc.
  • Pessoas mais vulneráveis, como idosos, crianças mais novas e doentes, devem evitar grandes aglomerações.
  • As roupas devem ser adequadas à temperatura. Quando estiver mais frio, é recomendado se agasalhar melhor.
  • Aqueles que apresentam sintomas, como tosse, febre, falta de ar e corrimento nasal, devem procurar o serviço médico para tratamento e orientação, o que pode evitar a disseminação.
  • Há vacinas, como a da gripe, que reduz sensivelmente a chance de desenvolver a doença. Elas devem ser tomadas, principalmente, por populações de risco.
Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit