Quando sentimos dores ao dar um simples passo, a nossa qualidade de vida já está seriamente comprometida. Hoje, quatro em cada 10 pessoas sofrem com problemas nas articulações. Com o aumento da expectativa de vida e o envelhecimento da população, a situação só tende a piorar. Porém não são somente as pessoas mais velhas que têm problemas articulares. Pessoas jovens também podem ter a saúde articular comprometida por diversos fatores: fatores genéticos, lesões por movimento repetitivo ou desgaste por exercício intenso ou mal realizado, podem gerar problemas futuros.

As articulações são pontos de encontro entre um ou mais ossos. Em uma articulação, as extremidades dos ossos são cobertas por cartilagem — um tecido liso, resistente, elástico e protetor que é composto por colágeno, água e proteoglicanos. Esta cartilagem reduz o atrito quando as articulações se movem. O colágeno é um tecido fibroso resistente e os proteoglicanos são substâncias que ajudam a dar resistência à cartilagem. As articulações também têm um revestimento (tecido sinovial) que as envolve para formar a cápsula articular. As células do tecido sinovial produzem uma pequena quantidade de líquido claro (fluido sinovial) que nutre a cartilagem e reduz ainda mais o atrito, facilitando o movimento. Todas estas estruturas possuem o papel de estabilizar, mobilizar e proteger as junções do nosso corpo.

A degeneração da cartilagem articular, normalmente se dá em resposta ao atrito mecânico. Isto ocorre devido ao processo natural de envelhecimento, ou a fatores genéticos e anatômicos que favorecem este desgaste. Os problemas mais comuns resultantes do desgaste articular seriam: a artrose, a artrite e a osteoartrite. Somente um médico capacitado pode diagnosticar o problema através de exames clínicos e/ou de imagem.

Através de vários fatores, a articulação pode se tornar saudável ou não. Para que você tenha uma articulação saudável, você deve estar atento a alguns cuidados que podem proteger e prolongar a boa saúde articular.

Peso corporal

Manter o peso corporal equilibrado é indispensável para você ter uma articulação com boa mobilidade. O sobrepeso ou a obesidade aumentam o impacto nas articulações. Essa sobrecarga influencia no desgaste das cartilagens e, com isso, sua mobilidade pode ficar prejudicada.

Uma musculatura fortalecida é outro aspecto muito importante em uma articulação saudável. Um músculo forte ajuda a estabilizar a articulação e por consequência as chances de você ter essa estrutura do corpo instável são menores. Este fortalecimento deve ser feito de forma balanceada. Por exemplo; se você possui uma musculatura da parte da frente da coxa forte você precisa fortalecer também a musculatura da parte de trás da coxa. Essa harmonia entre os músculos é indispensável.

Hábitos inadequados e posturas ruins no seu cotidiano podem ter efeitos negativos nas suas articulações. Trabalhar muito tempo em uma postura ruim, assistir televisão ou ficar mexendo no celular de uma maneira inadequada pode ser muito prejudicial a sua articulação. Lembre-se de manter uma boa postura no seu dia a dia.

Exercícios e atividades físicas são extremamente importantes para a manutenção da saúde das nossas articulações e a perda de mobilidade física em pessoas mais velhas é consequentemente acelerada quando tais práticas são deixadas de lado. Para proteger as articulações, as melhores escolhas são os exercícios de baixo impacto como caminhada, ciclismo, natação e treinamento de força. Faça sempre um treino indicado por um profissional capacitado e comunique a ele caso já tenha problemas articulares.

O uso de alguns tipos de suplementos pode prevenir ou retardar o desgaste articular. Eles são indicados como tratamento quando o problema já está instalado, ou como prevenção de forma a retardar um possível desgaste. Alguns exemplos são:

  • Colágeno desnaturado do tipo II (UC II®) – modula a resposta imune e, desta forma, previne o “ataque” autoimune às cartilagens. Assim é reestabelecido o equilíbrio entre a quebra e síntese do colágeno. Por consequência há uma diminuição da inflamação com consequente diminuição da dor.
  • Glucosamina – age como repositor de cartilagem, desacelerando seu processo de degradação. É usado associado ao UC II® com bons resultados. Também é usado associada à Condroitina.
  • Ácido Hialurônico oral (HA Powder®) – ajuda na lubrificação das articulações, com propriedades antiinflamatórias e antiedematosas.
  • MSM (enxofre orgânico) – eficaz no combate de inflamações resultantes de reações auto-imunes. Por exemplo, pessoas que sofrem de artrite geralmente têm sido beneficiadas com o uso de MSM. Reduz a degeneração e inflamação das articulações.
  • Peptídeos de colágenos – estimula a regeneração da cartilagem articular, tornando os movimentos mais suaves e confortáveis.
  • Silício orgânico – o silício é fundamental na produção do colágeno das articulações.

Além dos suplementos acima citados, estão disponíveis inúmeros ativos para o tratamento da dor e rigidez articular. Procure um médico para que ele possa lhe orientar especificamente sobre seu problema, e se necessário, conte com a gente para poder atender sua prescrição.

 

Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit